Jeitinho QG

Postado 28/01/2015 em Cidades, Dicas, Lazer, Turismo, verão, Viagem Compartilhar   

Melhores cidades com custo-benefício para se viajar

Está pensando em viajar mas quer ir para um lugar bacana que não faça o bolso sofrer tanto? Vamos te ajudar nessa. Afinal, é férias e verão. Não dá pra ficar em casa só vendo TV. Encontramos várias listas por aí, e acredite, a maioria das cidades que citam são de outros continentes. Já pode tirar o passaporte da gaveta e partir.

Foto Google

Mas pra ficar mais acessível pra todos, vamos falar das 5 cidades brasileiras citadas nessa lista mundial. O que muitas vezes não quer dizer que é mais barato do que ir pra fora do país. Pra tudo tem que fazer planejamento e levantar os prós e contras. A Trivago tem uma lista que mostra que as 3 melhores cidades com melhor custo benefício para visitar são: Mostar, na Bósnia e Herzegovina, seguido de Novi Sad (Sérvia) e Lijiang (China). Na lista, constam 100 cidades. E entre os 100 destinos de destaque, o Brasil é representado por três: Ouro Preto (46º), Petrópolis (58º) e Curitiba (89º). Esses lugares desbancaram Guarapari (Espírito Santo) e Maragogi (Alagoas), que apareceram na lista mundial no ano passado. Quer ver a lista? É so clicar aqui.

De acordo com a Trivago, o ranking anual é feito com base em um algoritmo que leva em conta o tHPI (Índice de Preços de Hotéis Trivago) e as avaliações dos usuários do site e de internautas de outros sites. São considerados apenas destinos com, no mínimo, 50 hotéis e 150 avaliações registradas entre novembro de 2013 e outubro de 2014.

Bom, vamos falar das nossas representantes.

“Ahhh Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais”. Não é isso? É sim! E a primeira que aparece na lista, é Ouro Preto.

Foto DivulgaçãoEmbratur

A cidade histórica mineira foi a cidade brasileira melhor colocada, na 46ª posição e com um índice custo-benefício de 94,80%. O preço médio para uma estadia em Ouro Preto é de R$ 250 para uma diária para duas pessoas em um quarto standard. Dizem que o carnaval lá é o ótimo. Pode ser uma boa escolha pra esse 2015 hein?

Rio de Janeiro, sem praia? Pode não parecer uma boa né? Mas é! Existem cidades não litorâneas nesse estado lindo de viver, que valem muito a visita. Petrópolis é uma delas. Não é atoa que  ocupou o 58º lugar na lista.

Foto leorey-Flickr

Ela vem com um índice de 94,14%, Uma cidade linda e histórica que nos exige alguns dias de turismo. Um dia é pouco para conhecer o Centro de Petrópolis. Algumas construções abertas à visitação com histórias incríveis é garantia de uma sessão de fotos lindas e interessantes. Ah, é bom reservar um lugar no porta-malas para compras: o que não falta são lojas, galerias de arte e produtores orgânicos. Bom, se não for de carro, provavelmente você vai pagar uma taxa de excesso de bagagem. Já avisamos logo.  Visitando os distritos de Itaipava e Araras entende-se o sucesso de Petrópolis no universo gourmet.

Direto do Rio para o Paraná. Curitiba, é a última brasileira que aparece na lista. Ficou com o 89° lugar, com 91,63% de índice. A tarifa média de hospedagem é R$ 248.

Foto Google

Um encanto, um charme, um exemplo de cidade. A cidade do “leitê quentê” é cercada de verde por todos os lados, talvez para compensar a falta do mar. Mas acredite, você nem sentirá falta dele.  São inúmeros pontos turísticos. Um tour cultural perfeito para viagem nenhuma botar defeito. Mas nem tudo em Curitiba é só cultura, tem espaço pras noitadas também. Quem curte a noite, é uma ótima cidade para diversão e badalação.

Dá ou não dá vontade de viajar? Partiu galera. É hora de fazer as malas. E você? Vai pra onde? Conta aqui pra gente.

Fontes: Exame/Catraca Livre/ Wikipedia

 

Comentários