Jeitinho QG

Postado 24/09/2013 em Dicas Compartilhar   

Dicas fitness: você em forma no verão

Hoje começa a primavera, estação que antecede o verão. E verão, todo mundo já sabe, é época de desfilar o corpo. Mas pra estar com tudo em cima é preciso intensificar os cuidados a partir de agora. Por isso, a equipe QG selecionou algumas dicas especiais pra você ficar sarado a tempo!

“De tanto não parar a gente chegou lá”. Esse é o trecho de uma música romântica – Pra Sonhar, de Marcelo Jeneci, mas bem que poderia entrar na playlist da nossa malhação. Essa parte da letra tem tudo a ver com o nosso objetivo.

Quem quer entrar em forma deve ser disciplinado e não deixar de malhar nunca. Isso não significa que você tenha que morar na academia. Muito pelo contrário. Na sua rotina você pode trocar elevadores por escadas. Em casa, pode fazer abdominais, flexões, agachamentos, etc.

Dar uma variada também é importante, principalmente no ambiente. Sempre que puder, vá ao parque, à praia, às montanhas. Caminhe, corra, nade, escale, ande de bicicleta. Praticar exercícios ao ar livre estimula a produção de endorfina, alivia o estresse e te ajuda a sair da rotina.

Buscar esportes que tragam prazer e benefícios ao seu corpo também ajuda a quebrar a monotonia. Lembrando que algumas modalidades são mega aliadas na queima de calorias. Confira no quadro abaixo.

Squash – 700 a 800 cal/h
Remo – 550 a 700 cal/h
Futebol – 500 a 700 cal/h
Basquete – 500 a 600 cal/h
Corrida – 500 a 600 cal/h
Natação – 500 a 600 cal/h
Tênis – 450 a 550 cal/h
Vôlei de praia – 400 a 550 cal/h
Ciclismo – 350 a 550 cal/h
Ginástica Aeróbica – 350 a 500 cal/h
Hidroginástica – 300 a 400 cal/h
Caminhada – 300 a 400 cal/h
Vôlei – 350 a 400 cal/h

Outra técnica eficiente são os circuitos. Eles pregam a variação de exercícios em um curto espaço de tempo, o que beneficia o sistema cardiovascular e a tonificação do corpo por inteiro. O personal trainer Chico Salgado sugere realizar séries com 15 repetições ininterruptas de agachamento, abdominal, polichinelo, flexão de braço, afundo e saltos.

Na academia fique sempre atento à postura. Levantar mais peso do que aguenta pode pressionar ossos e ligamentos, provocando lesões. Procure a orientação de um profissional para ter certeza da posição correta. Quanto mais bem executados os exercícios, melhores os resultados.

E que tal uma boa música pra intensificar o ritmo do treino? House e hip-hop geralmente trazem batidas marcadas e animadas. Não é seu estilo? O importante é dar aos ouvidos algo que incentive seu corpo!

Nada disso, contudo, vai adiantar se você não aliar uma alimentação saudável à prática de exercícios físicos. Maçã e barra de cereais ajudam a manter o pique e são bem-vindas no pré-treino. Carboidratos e proteínas reparam músculos e evitam catabolismo – desgaste excessivo da musculatura –, por isso são recomendados nas refeições pós-malhação.

Durante os exercícios, não se esqueça da hidratação para recompor os nutrientes do organismo. Beber água é suficiente para treinos comuns. Já os de alta intensidade e longa duração pedem bebidas isotônicas.

Pra finalizar, não se esqueça de suar a camisa sempre – no sentido literal da expressão. Sim, a transpiração é fundamental pois ajusta a temperatura do corpo. Fora que dá aquela sensação de dever cumprido!

Comentários